Publicado em 14 de março de 2019 por Laura Quariguazy - Roteiro
Pé na areia: veja onde comer caranguejo em Brasília
Casquinha de caranguejo ou caranguejada, quem ama o crustáceo vai adorar essa dica

Pé na areia e beira da praia, de norte a sul do litoral brasileiro, pedem um bom marisco. Ostras, camarão frito, e uma das maiores unanimidades: o caranguejo e seu “toc toc”, som da carapaça sendo quebrada pelos martelinhos.

A experiência praiana pode também ser “importada” para terras tupiniquins sem mar, como Brasília. Se bem criados e bem selecionados, os caranguejos se dão bem por aqui. E os simpatizantes do ritual de quebrar as patinhas do crustáceo e saborear sua carne branca, leve e delicada; podem encontrar conforto nos estabelecimentos quatro estabelecimentos abaixo: onde a única coisa que falta é o cheirinho de maresia – pois comida boa há de sobra.

Nosso Mar

Com ares de litoral, o restaurante Nosso Mar figura desde 1985 na 115 Norte. O cardápio mistura diversas receitas brasileiras, não somente nordestinas, como é de costume. O caranguejo é vendido como casquinha, por R$ 31,50. Inteiro, ele pode ser cozido na água e sal por R$ 13,90 a unidade; ou no tomate, cebola, pimentão e leite de coco (moda cearense) por R$ 14,90 a unidade. A casa recomenda que a procura pelo caranguejo seja feita às quintas e sábados – os dias em que a entrega do crustáceo é feita, e ele está ainda mais fresco.

Nosso Mar Restaurante

115 Norte, Bloco B. 3349-6556. Terça a domingo, das 12h à 0h. Também no iFood.

Mistura Baiana

A casa serve a caranguejada à moda baiana: cozido na água, sal, cebola e cheiro verde. A unidade custa R$ 12. E a matéria prima também é oriunda do estado da Bahia. Mas atenção: o marisco está disponível somente às quintas-feiras. O ambiente, simples, torna a experiência mais descontraída.

Setor Habitacional Vicente Pires, Rua 12, Chácara 152/1, Loja 3. Terça a sábado, das 17h às 23h.

Toca do Caranguejo

Difícil é dizer quantos são os tipos de caranguejo servidos. No espaço situado na “orla” da feira do Guará, os mais tradicionais podem aproveitar o crustáceo inteiro, por R$ 13 a unidade. Os caranguejinhos importados do Maranhão também podem ser cozidos em leite de coco, pelo mesmo preço. O ambiente, em quiosque, aberto e com mesinhas de plástico, lembra ainda mais o clima praiano. Uma das orientações para comer aqui é chegar cedo – pois o estoque sempre acaba antes do final do dia. Também é possível levar o bichano vivo para casa.

QI 05, Orla da Feira do Guará. Aos fins de semana, das 9h às 20h.

Ceará Carne de Sol

No Ceará Carne de Sol, o som dos martelinhos fazendo “toc toc” é ouvido sempre às quintas-feiras. A proteína é vendida a R$ 12,90 a unidade, acompanhada de vinagrete e farofa; sendo cozida ou na água e sal, ou ao estilo moqueca, com dendê, leite de coco, tomate e pimentão. Encomendas podem ser feitas a partir de 10 unidades.

Ceará Carne de Sol

QE 4, em Frente ao Sesc, Guará I. 3257-5672. Todos os dias, das 11h às 23h.

Últimas notícias

Veja mais notícias