Publicado em 4 de maio de 2019 por Rodrigo Lourenço - Lançamentos
La Rubia Café lança menu de drinques e petiscos
Entre as novidades estão coquetéis autorais, clássicos e comidinhas de diversas partes do mundo

O La Rubia Café na 404 Norte acaba de renovar o menu da noite, composto não apenas por bebidas, mas também por petiscos e sanduíches. A carta de drinques está com oito novas receitas, todas autorais, além de quatro clássicos da coquetelaria. As combinações são assinadas pelo mixologista e gastrônomo Marcelo Teixeira, um dos sócios do bar, e pela bartender Daiane Dias.

Como de costume, as bebidas são batizadas com nomes divertidos e ousados, assim como o próprio conceito da casa. Entre as opções novas está o Kill Me, Cauã! (R$ 22). Pensado em homenagem ao ator Cauã Reymond, o drinque é preparado com vodca Skyy, Bailey’s, licor de açaí Cedilla e tabasco.

Kill Me Cauã/Foto: Pedro Santos

O cocktail bar também exalta a memória de Lili Elbe – artista dinamarquesa conhecida por ser a segunda pessoa da história submetida a uma série de cirurgias de redesignação sexual – no drinque composto por aquavit Aalborg, xarope de rosas, suco de laranja e bitter de lavanda (R$ 25).

Lili Elbe/Foto: Pedro Santos

Expressão bastante conhecida na internet, Manda Nudes deu nome ao coquetel feito com Babuxca – mix de cachaça, mel, tangerina e pimenta –, água tônica diet e limão. Cada dose custa R$ 21.

Manda Nudes/Foto: Pedro Santos

Os amantes de vinho podem apreciar o Frosé La Rubia (R$ 22), que leva frozen de vinho rosé, suco de limão, licor de laranja e hortelã. Aos que apreciam o sabor do café nos drinques, há duas opções interessantes: o La Inconforme (Bourbon Wild Turkey, xarope caseiro de coco com cravo, suco de limão e café espresso), a R$ 26; e o What?, preparado com vodca Nikolaus ginseng, Aperol, licor de baru Baruzetto, café e creme de leite, a R$ 24.

A ousadia nas criações não para por aí. O Rudá (R$ 22) traz um sabor adocicado na mistura entre vodca Skyy, licores de açaí Cedilla e de banana, xarope de guaraná e amoras maceradas. O Senhora (R$ 22), por sua vez, transborda intensidade ao unir gin Kalvelage, Sweet and sour de manga com ameixa, suco de limão, água tônica e gota de tabasco.

Drinques clássicos completam o menu do La Rubia Café. De sabor forte, o coquetel Manhattan (R$ 24) leva Bourbon Wild Turkey, vermouth Martini Rosé e angostura. O cubano Daiquiri (R$ 17) é feito com Bacardi Carta Blanca, suco de limão e xarope de açúcar. Preferido do icônico personagem hollywoodiano James Bond, o Dry Martini (R$ 30) é preparado com gin Tanqueray, vermouth Noilly Prat e azeitona. E, direto do México, há ainda a infalível Margarita (R$ 17), preparada com tequila, Cointreau e suco de limão.

Um novo drinque sem álcool também ganhou lugar no cardápio da casa, em formato de “rodízio”. Opção para quem está dirigindo ou quer evitar bebidas alcoólicas, o Gabriela leva suco de limão, xarope caseiro de maçã e canela e água com gás, e sai a R$ 18, à vontade.

Para acompanhar

A cozinha do La Rubia Café se destaca pela comida étnica de rua e do mundo. Assim, para acompanhar os novos drinques, o gastropub também traz petiscos inspirados em sabores típicos de diversos países. Uma das novidades é o Havaiano (R$ 25) – três espetinhos de galinha com abacaxi, pimentão, cebola e molho teriyaki havaiano. Inspirado em um prato de Israel muito consumido em comunidades judaicas asquenazitas, o Latkes (R$ 25) é composto por panquecas de cenouras e batatas raladas, servidas com molho tzaktzik (preparado com iogurte e pepino).

Uma opção agridoce é o Boka Dushi (R$ 22), de Suriname, que conta com três espetinhos de galinha grelhados e marinados com melado de cana e especiarias, servidos com chutney de manga. Do Cabo Verde, a casa traz o Pastel de Peixe (R$ 15), recheado com peixe branco, especiarias e pimenta.

Boka Dushi/Foto: Pedro Santos

Em homenagem à Dana Internacional – cantora israelense que foi designada homem ao nascer, mas realizou a cirurgia de transgenitalização em 1993, em Londres – o La Rubia Café criou um petisco o nome dela. Composto por pães sírios, salada árabe, homus, chutney de manga e molho tzaktziki (de iogurte e pepino), ele é uma excelente opção para compartilhar e custa R$ 25.

Dana Internacional/Foto: Pedro Santos

Apimentado, o Spice Gals (R$ 25) oferece tiras de peito empanadas, acompanhadas de três molhos de pimenta, do leve ao mais forte. Outra opção são os bolinhos fritos de arroz, servidos com chutney de manga e geleia de bacon (R$ 25 – 5 unidades). Para finalizar, a casa traz, ainda, uma porção com cinco batatinhas em conserva cozidas e preservadas em azeite de oliva, alho e temperos (R$ 25).

Últimas notícias

Veja mais notícias