Publicado em 14 de julho de 2019 por Laura Quariguazy - Curiosidade
Onda de calor: mexilhões cozinham ainda dentro das conchas na Califórnia
Os milhares de mexilhões enfrentaram altíssimas temperaturas em maré baixa, quando não estão submersos em água, que diminuiria o calor

Recentemente, pesquisadores da Bodega Marina Reserva, na Califórnia, notaram que um grande número de mexilhões da região tinha morrido dentro de suas conchas – ainda na natureza, antes mesmo de serem colhidos. As informações são do The Guardian.

A principal hipótese é que as temperaturas da costa estavam tão altas que esquentaram as rochas onde os mexilhões se acoplam, o suficiente para que os mariscos ficassem completamente cozidos. Os milhares de mexilhões enfrentaram altíssimas temperaturas em maré baixa, quando não estão submersos em água, que diminuiria o calor.

Segundo o New York Times, os termômetros de São Francisco ultrapassaram os 37 graus Celsius no mês de junho – um recorde. E, devido ao aquecimento do planeta, as perspectivas não são animadoras. Novas ondas de calor devem aniquilar ainda mais essas espécies.

O problema, de acordo com a fala dos pesquisadores é porque os mexilhões são considerados “fundadores”.

“A perda da camada superior de mexilhões provavelmente terá um impacto negativo na fauna que vive no leito do mexilhão. Portanto, quando se interfere com esse habitat central, isso afeta todo o sistema”, explicam.

Últimas notícias

Veja mais notícias