Publicado em 28 de agosto de 2019 por Gula Certa - Notícia
3 receitas com probióticos para fortalecer as defesas do organismo
Iogurtes naturais, leite fermentado, missô (pasta de soja), kefir e kombucha não podem faltar no cardápio

Você sabia que ao lado das vitaminas e minerais está também um grupo de bactérias que são tão responsáveis pelo funcionamento adequado do corpo? São os probióticos.

Eles vivem dentro do intestino de todo ser humano, em uma comunidade chamada microbiota. Apesar de pouco faladas, as funções positivas dessa “colônia de bactérias” são constantemente analisadas pelos cientistas. Um estudo publicado em abril, pela Nature Medicine, feito pela Universidade de São Paulo (USP), por exemplo, constatou que essas bactérias têm potencial para serem usadas no diagnóstico do câncer de cólon renal.

A importância dos probióticos

Segundo a nutricionista do Oba Hortifruti, Lívia Nogueira, “quando ingeridos na quantidade certa, os probióticos trazem muitos outros benefícios para o corpo: eles aumentam a produção das células de defesa do organismo, o que fortalece a imunidade, ajudam na absorção dos nutrientes e afastam problemas como candidíase, infecções urinárias e doenças cancerígenas”.

Quer investir em uma dieta rica em probióticos? Então, segundo Lívia Nogueira, iogurtes naturais, leite fermentado, missô (pasta de soja), kefir e kombucha não podem faltar no cardápio. A nutricionista ainda ensina o passo a passo de três receitas que também cumprem com essa função.

Iogurte desnatado caseiro

Ingredientes
– 1 litro de leite desnatado;
– 1 copo de iogurte desnatado natural.

Modo de preparo:
1) Ferva o leite em um caneco.
2) Quando ele já não estiver mais tão quente, aproximadamente a 40ºC, despeje o iogurte no caneco e misture bastante.
3) Adicione a mistura em uma panela e tampe bem.
4) Separe a mistura em um canto e deixe descansar por 24 horas.
5) Após isso, coloque na geladeira.
6) Depois que gelar, basta servir.

Sopa de missô com cogumelos

Ingredientes
– ½ cebola média picada;
– 4 dentes de alho;
– 6 xícaras (chá) de caldo de legumes caseiro;
– 2 colheres (sopa) de água;
– 1 xícara (chá) de shiitake e cogumelo-de-paris fatiados;
– 1 xícara (chá) de cevada em grãos cozida;
– 1 xícara (chá) de couve fatiada;
– 1 colher (sopa) de missô;
– 1 colher (sopa) de endro ou raspas de limão.

Modo de preparo
1) Refogue a cebola, o alho e os cogumelos na água, em fogo médio, por três minutos.
2) Adicione o caldo de legumes, a cevada e deixe por 30 minutos.
3) Acrescente a couve fatiada nos últimos 3 minutos de cozimento.
4) Retire do fogo e acrescente o missô.
5) Polvilhe com endro ou raspas de limão.
6) Sirva em seguida.

 

Chucrute

Ingredientes
– 1 repolho verde médio (de preferência orgânico);
– 1 colher de sopa rasa de sal não iodado;
– 2 dentes de alho em pedaços (opcional).

Modo de preparo
1) Reserve um pote de vidro de 500 gramas para manter o chucrute; uma tábua; um amassador; uma faca e uma tigela para espremer o repolho.
2) Dê uma lavada rápida com cloro em todos os utensílios que você vai usar (esse processo evita a contaminação por micro-organismos indesejados). Descarte as folhas externas do repolho e corte-o em tiras bem finas.
3) Depois de bem cortado em tiras, esprema o repolho na bacia com a mão e espalhe bem o sal e o alho. Depois desse passo, vá colocando o repolho aos poucos no pote de vidro e esprema bem com o amassador, até que ele libere água.
4) A cada porção de repolho colocada no pote de vidro, amasse bem, até que, depois de passar toda a quantidade de repolho para o pote, ele esteja completamente coberto pela água que liberou.
5) Tampe o vidro de modo levemente frouxo para que os gases da fermentação possam sair. Deixe-o de três dias a uma semana fora da geladeira em temperatura ambiente. Quanto mais quente a temperatura, mais rápida será a
fermentação.
6) Atenção: não consuma seu chucrute se ele tiver uma aparência escura ou com crescimento de fungos.

Acesse: www.obahortifruti.com.br.

Últimas notícias

Veja mais notícias