Publicado em 27 de janeiro de 2020 por Gula Certa - Curiosidade
Volta às aulas: especialista dá 6 dicas para montar a lancheira das crianças
Segundo a especialista, a lancheira ideal deve conter variedade!

Falta de tempo, dificuldade em escolher os alimentos, oferecer opções diferentes e que sejam atrativas para a criançada… Com a volta às aulas, montar a lancheira dos filhos – e fazer com que eles comam bem fora de casa, pode ser uma grande missão para os pais. 

A boa notícia é que é possível simplificar essa tarefa com alguns passos simples. Para isso, a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, listou 6 dicas valiosas para dar aquela mãozinha na hora de preparar com mais praticidade as refeições dos pequenos. Confira!

1

Prepare várias lancheiras de uma vez! Deixe de 2 a 3 opções de lanches prontos para a criança levar ao longo dos próximos dias e evitar a preparação diária. Lembrando que os itens perecíveis devem ficar armazenados na geladeira e enviados para a escola em bolsas térmicas.

2

Monte um cardápio. Pensar e planejar as refeições antecipadamente poupa tempo e permite organizar de forma que as opções demorem para se repetir.

3

Use utensílios diferentes na lancheira. Os copos e potes coloridos incentivam muito as crianças a comerem, e deixam as refeições mais divertidas.

4

Coloque as crianças para ajudar! Incentivar os pequenos a escolher e preparar os alimentos – nem que seja apenas colocar os itens nos potes ou dentro da bolsa, também ajuda na boa aceitação das crianças.

5

Invista em formatos diferentes. Prepare o mesmo alimento de maneiras diversas, variando o corte das frutas e também na montagem da refeição no potinho. Vale deixar a criatividade rolar solta.

6

Tenha uma lancheira térmica de boa qualidade. É importante não apenas para condicionar de forma segura os alimentos, como também para ampliar a variedade de opções, já que permite guardar alimentos frescos. Acrescentar gelinhos a base de gel para ajudar a manter a temperatura também é uma ótima ideia. Existem várias opções em formatos e cores diferentes, que as crianças adoram!

Já no que diz respeito aos alimentos: “as crianças precisam de uma dieta variada, que inclua opções frescas sempre que possível e de acordo com sua capacidade de mastigação e autonomia para se alimentar”, orienta Renata Guirau.

Segundo a especialista, a lancheira ideal deve conter sempre um elemento de cada grupo abaixo:

• 1 carboidrato: pão, torrada, bolo caseiro, tapioca, chips de vegetais (batata, inhame, beterraba) ou algum cereal, como a granola e a aveia.

• 1 proteína: queijo, leite, iogurte, patê caseiro, ovinhos de codorna, snacks a base de grão de bico ou de lentilha.

 • 1 vegetal: uma porção de alguma fruta inteira (maçã, pera, goiaba) ou picadas (abacaxi, melão, melancia), ou até mesmo tomatinhos cereja, palitinhos de cenoura, palitinhos de pepino.

“Frutas picadas são ótimas opções para as crianças pequenas, como o abacaxi, que até auxilia na digestão da refeição, o mamão, que pode ajudar o intestino da criança a funcionar melhor e até a melancia e o melão, que ajudam muito na hidratação”, ressalta a nutricionista.

Últimas notícias

Veja mais notícias