Publicado em 1 de abril de 2020 por Gula Certa - Notícia
Nutricionista dá dicas de alimentação para a quarentena
Nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, orienta sobre os alimentos que devem estar presentes à mesa e quais cuidados de higiene e preparo são necessários

Neste período em que devemos reduzir a circulação, as idas ao mercado também devem ficar mais restritas. Mas, isso não significa que devemos colocar na despensa apenas alimentos industrializados e não perecíveis, como explica a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau.

“É importante tentar ao máximo manter uma rotina alimentar balanceada e saudável. O consumo frequente de frutas e vegetais é imprescindível, ainda mais em um momento em que precisamos estar com uma boa saúde. Quando as defesas do organismo estão em dia, favorece que o vírus cause menos danos ao organismo e reduz o tempo de recuperação em caso de doença”, comenta a profissional.

Renata listou algumas orientações para facilitar na cozinha – e nas compras. Confira!

  • Reduza a quantidade de alimentos nas refeições, já que durante a quarentena a tendência é ficar menos ativo. “O ideal é comer conforme a fome e finalizar a refeição assim que sentir saciedade”, explica Renata.
  • Mantenha em casa opções de alimentos saudáveis com maior durabilidade, como feijão, lentilha, vegetais congelados, polpa de frutas.
  • Compre frutas mais “verdes”, que também terão uma durabilidade maior.
  • Vegetais mais resistentes, como cenoura, vagem, repolho, batata doce também devem entrar na rotina.
  • Vegetais que são consumidos crus precisam ser lavados em água corrente e em seguida deixados de molho em solução de água com cloro.
  • Carnes e ovos não devem ser consumidos crus ou mal passados, para eliminar qualquer possibilidade de contaminação.
  • Inclua alimentos fontes de vitamina C (frutas cítricas), de selênio (castanhas), de zinco (feijões), e de ferro (carnes e vegetais verdes escuros) para ajudar a manter a imunidade em dia.
  • Não se esqueça de manter um bom nível de hidratação. De acordo com Renata, o ideal é beber água de forma fracionada ao longo do dia, de modo que a urina fique bem clara.
Últimas notícias

Veja mais notícias