Publicado em 3 de maio de 2020 por Gula Certa - Notícia
Henrique Fogaça cogita fechar um de seus restaurantes
O chef-celebridade é sócio de dez restaurantes ao redor do país

O chef-celebridade Henrique Fogaça disse, em entrevista, que cogita fechar algum de seus restaurantes. Fogaça não se decidiu – ainda está avaliando os impactos da crise causada pelo coronavírus, que além de afetar a saúde de milhares de brasileiros, está trazendo, por tabela, problemas à economia.

“O prejuízo é enorme”, disse. Isso acontece porque, mesmo de portas fechadas, é preciso manter o pagamento dos alugueis e de salários. A operação em delivery não é suficiente para custear todas as despesas padrão. Hoje, Fogaça é sócio de três unidades do Sal (duas em São Paulo e uma no Rio de Janeiro), de seis unidades do Cão Véio (com casas em Brasília, Curitiba e Goiânia) e do restaurante Jamile.

Sem reclamar, o chef também lembra que uma das possíveis consequências positivas da crise é o decréscimo dos preços nos restaurantes, que investirão em promoções para atrair os clientes.

Com informações da Menu.

Últimas notícias

Veja mais notícias