Publicado em 21 de setembro de 2020 por Gula Certa - Notícia
Vendas de pescado aumentam 30% em período de pandemia
Em Goiás, os peixes mais vendidos são o Surubim, Piramutaba, Tambaqui e a Tilápia

Fazer uma compra de supermercado e gastar o mínimo possível é meta dos consumidores. Por isso, durante o período de isolamento muitos recorreram trocar a carne vermelha por peixe, que está mais acessível. Apenas na rede Bretas, com 81 lojas em Goiás e Minas Gerais, o aumento foi de 30%.

Em Goiás, os peixes mais vendidos são o Surubim, Piramutaba, Tambaqui e a Tilápia.

De acordo com um relatório da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o consumo global per capita de pescado subiu de 9 kg para 20,5 kg de 1961 para 2018. O número representa quase o dobro do que cresceu a população mundial e teve desempenho melhor do que outras proteínas de origem animal, com média anual de crescimento próxima de 1,5% ao ano.

Mas de acordo com o IBGE, o consumo brasileiro de peixes é de menos de 10 quilos por pessoa ao ano. Essa média é menor do que o consumo de outras proteínas animais.

Últimas notícias

Veja mais notícias